Encontro Nacional pelos Direitos Humanos à Água e ao Saneamento

 

Nos dias 9, 10 e 11 de dezembro acontecerá o Encontro Nacional pelos Direitos Humanos à Água e ao Saneamento (ENDHAS) promovido pelo ONDAS – Observatório Nacional dos Direitos à Água e ao Saneamento. O evento contará com diversos espaços de interlocução entre a academia e os movimentos sociais, de troca de saberes técnico e popular. 

Trabalhos de pesquisa e de extensão universitária, submetidos aos trâmites usuais de avaliação e seleção, serão apresentados nos seguintes temas: (i) Acessibilidade econômica e tarifa social; (ii) Acompanhamento, avaliação e crítica aos processos de privatização; (iii) Saneamento em assentamentos precários e para populações em situação de vulnerabilidade; (iv) Saneamento rural e em comunidades tradicionais e indígenas; (v) Dimensões identitárias no atendimento aos direitos humanos ao saneamento; (vi) Planejamento e regulação para assegurar o direito humano à água e ao saneamento; (vii) Modelos de prestação de serviço e o atendimento ao direito humano à água e ao saneamento. Mas, de forma inovadora, nestas mesmas seções, movimentos sociais serão convidados a expor suas experiências na forma de relatos de lutas pelos direitos à água e ao saneamento.

Estão previstas ainda oficinas autogestionadas, que reunirão movimentos sociais, sindicatos, ONGs, coletivos e entidades da sociedade civil na discussão dos mais variados temas e sua incidência sobre os direitos à água e ao saneamento, tais como:  direito à cidade; privatização dos serviços de saneamento, mineração e barragens, agrotóxicos , racismo ambiental, comunidades tradicionais , água e segurança alimentar, mudanças climáticas e crise hídrica .

A programação será complementada em Painéis, onde se quer trazer à tona temas que, em geral, não têm tanta visibilidade no debate do saneamento:   populações em situação de vulnerabilidade e a questão de gênero. Novamente, estarão nas Mesas representantes da academia e dos movimentos sociais.  Na Mesa de abertura teremos o privilégio de contar com a participação de Pedro Arroyo - Relator Especial da ONU para os Direitos Humanos à Água Potável e Saneamento. Na Mesa de encerramento, sob o título “Brasil, você tem sede de quê?”, João Pedro Stédile (MST) e Margarida Salomão (Prefeita de Juiz de Fora -MG) farão o debate dos Direitos à Água e ao Saneamento à luz da conjuntura política nacional.

Pretende-se, pois criar sinergia entre diversas reivindicações, lutas, narrativas, entidades e movimentos em torno do tema água e do saneamento como Direito Humano no Brasil.

Acesse aqui o site do Encontro: https://endhas.com/Pagina-Inicial

(61) 3703-4610
Endereço:
SAUS Quadra 05, Bloco F – Edifício da Associação Brasileira de Municípios - CEP 70.070-910 - Brasília - DF
Desenvolvido por Nova Mídia Brasília