A problemática do descarte do vidro em Brasilia
publicado em 11/03/2020

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Na última sexta-feira (06), Andrea Portugal Fellows Kunhert Dourado, Diretora da ABES-DF, apresentou sua dissertação de mestrado na FACE (Faculdade de Ciências Econômicas) da Universidade de Brasília. O tema da monografia é Análise Econômica da Logística Reversa e a (Ir)responsabilidade Compartilhada: Caso das embalagens de vidro em Brasília.

 

 

 Em sua apresentação, Andrea explorou o conceito da Logística Reversa, comparando o que acontece em três países (Brasil- especialmente Brasília-, Espanha e Suécia) apresentando as diferentes formas que acontecem, os países elencados com uma Logística Reversa com resultados de reciclagem que superam as metas da União Europeia e o Brasil sem resultados tangíveis.

 Os dados utilizados para a análise no caso de Brasília foram do Serviço de Limpeza Urbana, aliado as legislações locais e políticas públicas de inclusão social de cooperativas de catadores em um momento que as embalagens de vidro são consideradas rejeito. Por não terem viabilidade econômica para retornar ao ciclo produtivo, devido a falta do cumprimento da legislação que propõe o princípio poluidor pagador, tendo uma de suas ferramentas a logística reversa.

 Entretanto, como apresentado na dissertação, o grande movimento de retorno das embalagens de vidro ao ciclo produtivo tem sido custeado pelo poder público, através do SLU, com a contratação das cooperativas para a prestação de serviço de triagem, assim o DF saiu de 0% de reciclagem, de acordo com o SNIS de 2017, para cerca de 18% somente no 1° semestre de 2019.

 

(61) 3703-4610
Endereço:
SAUS Quadra 05, Bloco F – Edifício da Associação Brasileira de Municípios - CEP 70.070-910 - Brasília - DF
Desenvolvido por Nova Mídia Brasília