Brasília possui 677 cursos d'água catalogados
publicado em 18/04/2015 - 17:50

A 15ª Reunião Extraordinária do CRH-DF foi realizada no dia (15/04) na sala de reuniões da SEMA - DF Secretaria de Estado do Meio Ambiente. A reunião foi presidida pelo subsecretário de Água e Clima da SEMA, Sérgio Ribeiro, e contou com a participação de conselheiros representantes do poder público, dos usuários de água e da sociedade civil organizada.

 

Logo no começo, houve uma exposição e demonstração de maquetes de bacias hidrográficas e experimentos sobre fenômenos naturais relacionados com a água, apresentados pelos servidores do Instituto Brasília Ambiental (IBRAM-DF), Luiz Rios (superintendente de Estudos, Programas, Monitoramento e Educação Ambiental) e Luiz Gatto (coordenador de EA). Os principais temas de pauta foram relacionados ao Enquadramento dos corpos hídricos superficiais do DF em classes de usos (que variam da categoria especial até o nível 5), que é um dos principais instrumentos de gestão e planejamento previstos nas leis de águas distrital (n° 2.725/2001) e federal (n° 9.433/1997).

 

Apresentado aos novos conselheiros pelo presidente da ABES-DF, Marcos Montenegro, o instrumento do Enquadramento foi elaborado durante o ano de 2014, a partir de proposta inicial do Plano de Gerenciamento Integrado dos Recursos Hídricos do Distrito Federal (PGIRH-DF), e aprovado por Resolução do CRH em dezembro, prevendo a definição de metas intermediárias para a melhoria gradativa e cumulativa da qualidade das águas. O Enquadramento também será considerado como vetor de qualidade das águas no processo de elaboração e consolidação do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE-DF).

 

A servidora da SEMA, Irene Mesquita, apresentou o trabalho por ela desenvolvido referente à Toponímia dos cursos d´água do Distrito Federal, o qual consistiu em levantamento histórico e análise de diversas bases cartográficas, sendo analisados um total de 677 cursos d´água: córregos, ribeirões, rios, grotas, lagoas, riachos, represas, lagos e lagoinhas. Este trabalho servirá de base para a consolidação de uma Base Hidrográfica Comum do Distrito Federal, o qual será desenvolvido pela SEMA, IBRAM, ADASA e CAESB no âmbito da Câmara Técnica Permanente de Assessoramento (CTPA) do CRH-DF.

 

A partir das apresentações foram gerados debates e diversos encaminhamentos. O CRH-DF volta a se reunir ordinariamente no próximo dia 29/04, tendo como pontos de pauta a elaboração do Plano Plurianual (PPA) do GDF no tema água e a proposta de criação de uma câmara técnica para tratar da temática do saneamento básico, em especial da elaboração do Plano Distrital de Saneamento Básico.

 

Também está agendada outra reunião extraordinária do CRH-DF para o dia 13/05 para debater a questão da dominialidade dos corpos d´água que drenam o território do DF.

 

 

 

 

Por Franklin de Paula Júnior

 

(61) 3703-4610
Endereço:
SEPN 506, Bloco D - Ed. Sagitarius Sala 124 CEP: 70740-504 Brasília
Desenvolvido por Nova Mídia Brasília