Frente Nacional pelo Saneamento: entidades de todo o país estão reunidas para discutir o setor
publicado em 07/06/2018 - 00:06

Acontece durante todo o dia de hoje (7/6), na UnB – Universidade de Brasília, reunião da Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental (FNSA) que está se reorganizando para fazer o enfrentamento ao ‘desgoverno’ atual do país que ameaça também com a privatização do setor.

 

Em um primeiro painel de debate, o professor Ricardo Moretti (UFABC) e Bartira Lima (Conam) apresentaram um panorama da questão habitacional no Brasil.

 

Em outra mesa, o professor da UCSal (Salvador-BA) e especialista em saneamento, Abelardo Oliveiro Filho, expôs toda a atual problemática da questão do saneamento básico no Brasil, com a ameaça da alteração da lei nacional de saneamento e a bruta queda de investimentos no setor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os painéis de debate prosseguem no período da tarde e, às 17h, haverá a aprovação do estatuto do ONDAS – Observatório Nacional dos Direitos à Água e ao Saneamento -, a   eleição de sua primeira diretoria, além de palestra com o professor Léo Heller, relator da Organização das Nações Unidas (ONU) para o direito humano à água e ao saneamento.

 

Entre as entidades presentes estão: FNU, Assemae, Fisenge, Conam, Abes Nacional, APU, UFBA, UFABC, CUT Nacional, além de sindicatos dos urbanitários dos estados de Acre, Roraima, Bahia, Sergipe, Piauí, Alagoas. Paraíba, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

 

A FNU, por entender que a constituição do ONDAS é fundamental para o desenvolvimento do setor e para a universalização dos serviços, é uma das entidades que está à frente de sua criação desde as primeiras articulações, que aconteceram em março durante o Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA 2018.

 

Confira a programação.

 

 

 

 

Fonte: FNU

Assessoria de Comunicação ABES DF

Acompanhe as notícias da ABES-DF no Facebook

(61) 3703-4610
Endereço:
SEPN 506, Bloco D - Ed. Sagitarius Sala 124 CEP: 70740-504 Brasília
Desenvolvido por Nova Mídia Brasília