Segunda Edição do Concurso Saneamento Básico nas Escolas
publicado em 13/07/2017 - 11:07

Ontem (12/07), a comissão organizadora do concurso Saneamento Básico nas Escolas realizou a primeira reunião oficial do ano para discutir sobre a segunda edição do concurso. O encontro aconteceu na Secretaria de Educação do DF, e temas como apoio, patrocínio, primiação, edital, metodos de avaliação e novos integrantes da comissão foram debatidos.  O concurso ganhou o nome de Saneamento Básico: Escola Cidadã

 

 

Em nota a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES/DF, afirma que Brasília vive em 2017 dois importantes momentos no que diz respeito ao saneamento básico.

 

 

É a primeira vez que há uma crise de abastecimento de água do porte da atual. A falta de água para consumo humano obrigou a CAESB a tomar medidas emergenciais como o rodízio na distribuição de água. Portanto, o consumo racional da água tratada deve ser incentivado e a redução do desperdício deve ser uma meta.

 

Por outro lado, o Distrito Federal inaugurou em janeiro de 2017 o primeiro Aterro Sanitário da história do DF e está atualmente desativando o lixão da Estrutural, considerado o segundo maior do mundo, e que é fonte de renda para inúmeras famílias de catadores de materiais recicláveis.

 

O trabalho de catadores no lixão é insalubre, ilegal e gera inúmeros acidentes inclusive fatais pelo transito intenso de máquinas e homens no local. Além disso, o gás gerado na decomposição do lixo gera náuseas, dor de cabeça e tontura.

 

Para que possam trabalhar de forma digna, com materiais limpos que possuem melhor valor de comercialização após o encerramento do lixão, torna-se necessário o engajamento de toda a população do DF na coleta seletiva de forma efetiva. A seleção e apresentação dos materiais recicláveis poderá viabilizar a renda cessada aos catadores com o encerramento do lixão que passarão a trabalhar em unidades de triagem.

 

Assim decidimos focar a proposta da segunda edição do concurso Saneamento Básico: Escola Cidadã em dois desafios:

 

Desafio I: “Cada Gota Conta”, conclama as escolas a reduzirem o consumo de água de forma sustentável.

 

 

Desafio II: “Encerramento do Lixão: Eu participo”, conclama as escolas a implantarem ou ampliarem a coleta seletiva dentro da escola como também na comunidade do entorno.

 

 

 

 

Assessoria de Comunicação ABES DF

Acompanhe as notícias da ABES-DF no Facebook

 

 

(61) 3703-4610
Endereço:
SEPN 506, Bloco D - Ed. Sagitarius Sala 124 CEP: 70740-504 Brasília
Desenvolvido por Nova Mídia Brasília